Brasileirão Série B

Com gols de Rodrigão e Camilo, Ponte vence o Goiás por 2 a 1 e dorme fora do Z4

Com gols de Rodrigão e Camilo, a Ponte POreta venceu o Goiás  por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (23) e, com o resultado, dorme fora do Z4 – a Macaca ...

Por Redação

há 1 mês


Com gols de Rodrigão e Camilo, Ponte vence o Goiás por 2 a 1 e dorme fora do Z4


Com gols de Rodrigão e Camilo, a Ponte POreta venceu o Goiás  por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (23) e, com o resultado, dorme fora do Z4 – a Macaca chegou aos 12 pontos, mesmo número do Londrina, que também venceu hoje (o Remo).

Após vencer  um adversário que está no G4, a equipe do técnico Gilson Kleina aguarda a conclusão da rodada – no domingo -  para saber em que posicionamento ficará na tabela. A Ponte volta a campo no dia 2 de agosto, às 20 horas, contra o CRB, na casa do adversário.

O jogo

O Goiás veio para cima com perigo e aos cinco minutos Ivan fez ótima defesa. Aos sete, bom lance de Rodrigão, que passou para Moisés. O atacante foi desarmado em lance duro, mas o juiz não viu falta na jogada. Aos 16, Rafael Santos passou para Moisés, que tirou a zaga, mas foi desarmado na hora do chute e pediu falta, mas mais uma vez o juiz não concordou.

Aos 20, Fessin fez bom passe para Rodrigão, que ganhou lateral no campo adversário. Na sequência, a Macaca ganhou o escanteio em tentativa de ataque. Pouco depois, Moisés ajeitou para Locatelli chutar para o gol, mas ela saiu por cima. Aos 30, bom contra-ataque da Macaca, com André Luiz mandando na área e a defesa cortando para escanteio. Na cobrança, a defesa adversária tirou a bola.

Aos 32, bom lance da Macaca, com Rodrigão e Albuquerque trocando passes e o lateral finalizando com chute que passou lambendo a trave adversária. Aos 44, Moisés desceu pela esquerda e chutou para o gol, com o goleiro adversário espalmando para escanteio. Na cobrança, a bola acabou ricocheteando no ataque da Ponte após defesa do oponente, e saiu em linha de fundo. O juiz encerrou o primeiro tempo na sequência, sem que ninguém mexesse no placar.

O segundo tempo começou movimentado. Aos cinco, Moisés se aproveitou de saída errada do adversário e passou para André Luiz, que cruzou para Rodrigão marcar o primeiro dele com a camisa da Macaca. 1 a 0.  O adversário, porém, saiu na sequência com rapidez e chutou sem defesa para Ivan, empatando em 1 a 1.

Aos 17, Lucas Cândido foi parado com falta. Na sequência, aos 18, Rodrigão cabeceou a bola na área e a bola bateu na mão do zagueiro. Pênalti para a Macaca, que Camilo cobrou caprichado: bola num canto, goleiro no outro. 2 a 1.

Aos 34, quase saiu o terceiro. Camilo cobrou escanteio na área e Lucas Cândido cabeceou à queima-roupa do goleiro adversário, que mandou para escanteio. Aos 43, falta em Lucas Cândido, que Camilo cobriu, mas ela saiu muito alta e passou por cima do gol. Aos 45, o juiz determinou seis minutos de acréscimos

Ficha de jogo

Ponte Preta: Ivan; Ednei (Richard), Fábio Sanches, Cleylton e Felipe Albuquerque; André Luiz, Vini Locatelli, Fessin (Camilo) e Rafael Santos (Ruan Renato); Moisés e Rodrigão (Josiel). Técnico: Gilson Kleina (Fabiano Xhá estava no banco, já que Kleina cumpriu suspensão por cartão).

Goiás: Tadeu; Dieguinho, David Duarte, Reynaldo e Artur; Breno (Dadá Belmonte), Rezende (Miguel Figueira), Caio (Albano) e Elvis; Alef Manga e Nicolas (Bruno Mezenga). Técnico: Marcelo Cabo.

Gols: todos no segundo tempo, com Rodrigão aos cinco minutos, Alef Manga aos seis, e Camilo aos 20.

Arbitragem:  Héber Roberto Lopes apitou, com Johnny Barros de Oliveira e Gizeli Casaril como assistentes. O quarto árbitro foi Pietro Dimitrof Stefanelli.

Cartões amarelos: Breno (Goiás)

Jogo válido pela 14ª rodada do Brasileiro da série B, realizado no Majestoso, sem público (nem renda) em virtude da pandemia.

fonte: https://pontepreta.com.br/noticias-detalhe/20210723pjg

Outras noticias do Brasileirão Série B

  Série B: Avaí vence o Operário-PR e fica a dois pontos do G-4